Our family’s new "member"

Advertisements

I am a
Daffodil


What Flower
Are You?

According to this quiz: I have a sunny disposition and am normally one of the first to show up for the party. I don’t need too much attention from the host once I get there as I am more than capable of making myself seen and heard.

Well, yes and no. But I guess it would be more yes than no… 😉 And then again, I never thought I would be a daffodil.

Projeto Ciranda Cirandinha

Há tempos eu procurava conhecer mais brasileiros na Holanda com quem me relacionar, gente que tivesse mais em comum comigo do que apenas o idioma e a Pátria Mãe. Através do Orkut conheci pessoas muito legais. Juntas começamos este Projeto Ciranda Cirandinha, cujo objetivo é incentivar o uso do idioma brasileiro e apresentar a nossa cultura mãe aos nossos filhos estrangeiros, que pouco ou nenhum contato têm com o Brasil.

No site de fotos da Rose há várias tiradas no encontro inaugural do dia 18 de maio. Querendo visualizar todas as fotos, não use a opção slide, pois ela só mostra umas 50 fotos e há mais do que isso no site.

Pena a minha florzinha estar meia doente no dia e ter passado praticamente o tempo todo dormindo…

Após o evento, durante a conversa entre as organizadoras, Jasmijn e sua mais nova amiguinha Yasmin assistem a um DVD da Barbie. Em português, naturalmente… 😉

Rotterdampas

Esta semana finalmente fiz o Rotterdampas para nós três. É um passe para a cidade e região de Rotterdam que dá ao portador direito a ir gratuitamente a vários museus, ir à cinema com bom desconto, desfrutar de 50% de desconto na assinatura anual para o zoológico (que fizemos dia 30 de abril!) e muitas coisas mais. Ainda estamos tentando descobrir tudo o que podemos fazer com ele.

Fica aqui o meu comentário, porém: quando fui comprar o passe, me senti quase deprimida. O passe é vendido a preço comum para qualquer pessoa que o queira comprar (e que more na região), mas também é oferecido a preço módico para desempregados e pessoas idosas. Para isso, porém, é preciso provar que você está inscrito como desempregado ou “doente”, ou provar a idade. Como o local onde se compra o passe é também onde desempregados vão para recolher seu dinheiro e procurar ajuda para procurar emprego, há dos mais variados tipos. Importante dizer: fiquei feliz por não ter de precisar fazer uso dessas instâncias. Eu ficaria muito deprimida se chegasse nesse ponto.

Ainda bem que o sistema aqui funciona.