Por estas pastagens arenosas

De visita ao Rio vejo o quanto não apenas eu mudei. A cidade mudou muito, infelizmente para muito pior. Ou talvez o meu padrão de comparação tenha mudado tanto que considero qualquer coisa menos saudável do que o que tenho na Holanda como muito pior.

Comer no Brasil ainda é uma das melhores coisas do mundo. Não existe nada como esta comidinha bem-temperada, gostosa e fresca feita em casa. E até mesmo o que é feito na rua tem muito mais sabor do que muita comida feita em casa na Holanda. O porém está no dia-a-dia das crianças, nas atividades gerais.

Ter praia é só o máximo, e adoraria poder levar minha filha à praia todos os dias. Mas prefiro poder levá-la ao parque todos os dias, à fazendinha que eles mantêm para as crianças (de entrada gratuita), do que ficar me preocupando com os ladrões nas esquinas ou de ter de andar de carro com todas as portas trancadas. Prefiro o silêncio relativo no ‘bairro’ onde moro do que, ao estar na praia, pedir um coco e não entender o que o vendedor me pergunta por causa do barulho do trânsito.

Sinto MUITA falta da minha família, dos meus amigos, de poder falar português todos os dias, do sol que esta terra tem, mas confesso que não sinto falta alguma dessa violência velada e aberta das esquinas, de não poder sair de madrugada, de saber de criança morrendo na porta de casa por causa de bala perdida.

Pergunta: a Holanda é melhor do que o Brasil?
Resposta: em alguns aspectos sim, em outros não.

Nada substitui o calor humano desta terra. Porém nada substitui a paz de espírito que tenho em meu novo lar. Perigos e problemas existem em todos os lugares, mas na Holanda pelo menos não preciso me preocupar constantemente com uma bala perdida, com guerra de tóxicos ou polícia corrupta.

São constatações amargas, a meu ver, porém verdadeiras.

Advertisements

2 thoughts on “Por estas pastagens arenosas”

  1. Olá eterna viajante. Bem vinda de volta à blogosfera. Em cada lugar onde o nosso coração mora, quando longe, só nos lembra o que tem de bom. Quando perto, a realidade nunca é branco ou preto. :)Espero que esteja a correr tudo bem. Beijinhos

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s